Da Curiosidade à Renovação Social

Destaca os períodos do Espiritismo, consignados pelo Codificador Allan Kardec, na Revista Espírita de 1858, e na Conclusão de O Livro dos Espíritos, situando o espírita sério na condição daquele que se prepara pelas suas obras para fazer parte do mundo regenerado. Nesse caso, terá ele deixado para trás a curiosidade e o simples filosofar, permanecendo, porém, na luta, alimentado pela religião do Cristo, o Espiritismo, dentre dessa fase de transição (intermediária) com vistas à Renovação Social.

Autor: Augusto Marques de Freitas

Editora: LEON DENIS

Gênero: Reflexões/Estudo doutrinário

Preço: R$ 18,00